"Les tableaux sont effrayants, les principes sont perverts, les conséquences sont terribles, et c'est pourquoi nous avons écrit. S'il est dangereux de parler, il serait perfide de se taire." Jean-Pierre Louis de Luchet
27 de Outubro de 2010

Hoje de manhã chegaram ao fim as negociações entre o governo e a comitiva do PSD, liderada pelo ex-ministro Eduardo Catroga para um entendimento sobre o OE2011. Antes de reflectir sobre o que ouvi e li hoje, há um aspecto importante que gostaria de referir: o objectivo destas negociações foi mal enunciado. Ou seja, o que se pretendia era a negociação da abstenção do PSD, mas quanto a mim qo que o governo deveria negociar era a aprovação do orçamento em que as duas partes assumiriam o compromisso de um trabalho conjunto em torno de um documento que assume em tempos de crise um papel impar na credibilidade e sentido de responsabilidade para Portugal perante o exterior. Feita uma nota prévia e

chegados ao fim de 4 ou 5 dias de negociações, eis que vem nos chegam as explicações para o rompimento das negociações. Diz um ditado popular que numa casa onde há fome todos ralham e ninguém tem razão. Pois bem, aqui parece ser igual. Um diz que o Governo não quis, foi inflexível, outro diz que aceitou mas não havendo concordância do documento também não mexe...Agora vamos ver se o PSD diz não ao Orçamento.... E o futuro do País anda assim de rua em rua, entre São Bento e Lapa.

coagitado por Pedro Bras às 14:09
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
18
22
23
25
29
30
31
arquivos
Posts mais comentados
2 comentários
1 cometário
1 cometário
arquivos
últ. comentários
Li por acaso e adorei..
Claro que à esquerda não há extremistas. Sempre a ...
Danny, ganha juízo, pá
Temos os líderes que merecemos.
Não me ocorre nenhuma maneira melhor de passar um ...
Mas quando?
Gosto das ideias, mas deviam rever o grafismo do b...
Gostei! Continua assim, indomável...
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Li por acaso e adorei..
Claro que à esquerda não há extremistas. Sempre a ...
Danny, ganha juízo, pá
Temos os líderes que merecemos.
Não me ocorre nenhuma maneira melhor de passar um ...
Mas quando?
Gosto das ideias, mas deviam rever o grafismo do b...
Gostei! Continua assim, indomável...