"Les tableaux sont effrayants, les principes sont perverts, les conséquences sont terribles, et c'est pourquoi nous avons écrit. S'il est dangereux de parler, il serait perfide de se taire." Jean-Pierre Louis de Luchet
17 de Outubro de 2010

A atribulada e titubeante apresentação do Orçamento não desviou os holofotes de um largo conjunto de medidas draconianas, que irá, garantidamente, conduzir o país a uma recessão, fazer disparar a já elevada taxa de desemprego e aumentar os níveis de pobreza. O aumento médio de 4% da carga fiscal e uma completa cegueira social tiram o sono a muitos portugueses. Todavia, a maior contradição de toda esta história surge ao analisar os dados macroeconómicos que serviram de plataforma para a elaborar o documento.

 

Contrariando primários postulados da ciência económica, Teixeira dos Santos prevê um crescimento de 0,3% apesar do aumento previsto da taxa de desemprego, de uma taxa de inflacção acima do suportável por uma economia exaurida, da queda abrupta do investimento público e da consequente quebra nas importações (e do mercado interno...). Aparentemente, o que irá garantir a fuga a uma crise recessiva serão as exportações, cuja previsão de crescimento estará assente sabe Deus e Teixeira dos Santos em quê. Os tradicionais mercados acolhedores de produtos e serviços portugueses não apresentam sinais indicadores de um 2011 pujante e toda a conjuntura parece demonstrar um abrandamento geral da economia global, muito por culpa pela subida de preço das matérias primas. Perante isto, acredito que a solução passará por alguma operação fora do comum, que permita arrecadar receitas extraordinárias. Talvez passe pela revenda dos submarinos, até porque o Tridente não se tem adaptado muito bem às águas do Tejo.

 

coagitado por Daniel Martins às 09:56
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
18
22
23
25
29
30
31
arquivos
Posts mais comentados
2 comentários
1 cometário
1 cometário
últ. comentários
Li por acaso e adorei..
Claro que à esquerda não há extremistas. Sempre a ...
Danny, ganha juízo, pá
Temos os líderes que merecemos.
Não me ocorre nenhuma maneira melhor de passar um ...
Mas quando?
Gosto das ideias, mas deviam rever o grafismo do b...
Gostei! Continua assim, indomável...
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Li por acaso e adorei..
Claro que à esquerda não há extremistas. Sempre a ...
Danny, ganha juízo, pá
Temos os líderes que merecemos.
Não me ocorre nenhuma maneira melhor de passar um ...
Mas quando?
Gosto das ideias, mas deviam rever o grafismo do b...
Gostei! Continua assim, indomável...